Vinhos e espumantes: dicas para as compras de fim de ano


Natal e Ano Novo são comemorações que impulsionam o consumo de vinhos e espumantes,  bebidas mais procuradas nesta época do ano.  A compra desses produtos  ainda geram muitas dúvidas para os consumidores,  por isso é preciso estar atento  aos  cuidados que começam na hora da compra.

Quem é quem?

Antes de comprar a bebida que irá acompanhar a refeição ou ser usada na comemoração é importante saber como elas são classificadas, o que ajuda a  entender melhor o que dizem os rótulos.

Uma forma de diferenciar os vinhos seria pela presença ou ausência de espumas e bolhas. O vinho que contêm gás carbônico, ou seja, apresenta espuma e produzem bolhas é conhecido como espumante. Quando estas características estão presentes de forma menos perceptível, temos um vinho do tipo frisante. O vinho tranqüilo é aquele que não contém nenhum destes diferenciais (espuma e bolha).

Os vinhos são feitos a partir de uvas tintas e brancas. No caso dos espumantes os tipos mais conhecidas são as tintas Pinot Noir e Pinot Meunier e a branca Chadonay, oriundas da região dos espumantes mais conhecidos no mundo, Champagne , na França.  Quando a bebida é feita somente com uvas brancas, ela é chamada de Blac de Blanc e no caso de sua composição conter apenas uvas tintas, é classificada como Blanc de Noir. Existe também a rosée que pode ser originada de uma forma diferenciada na fermentação ou a partir da mistura de vinhos brancos e tintos.

O grau de açúcar que cada vinho contém também provoca diferenciação, veja a classificação abaixo:

Brut nature (sans-dosage)– o mais seco dos espumantes, tem menos que dois gramas de açúcar por litro

Extra brut – menos de seis gramas de açúcar residual por litro

Brut (ou bruto) – Acima de seis gramas e em nível inferior a 15 gramas por litro,

Extra dry – entre os Proseccos, tem entre 12 g e 20 g por litro;

Sec (ou dry) – tem entre 17 g e 35 g de açúcar por litro

Demi-sec (ou meio-seco) traz entre 33 g e 50 g.

Rich ( doux ou doce) – Tendo mais que 50 g de açúcar residual por litro,

Como comprar e armazenar?

– Na hora da compra, evite bebidas armazenadas próximas a locais aquecidos, expostas ao sol e perto de produtos de higiene e limpeza.

-Confira no rótulo o tipo e os componentes da bebida, assim como a origem, o prazo de validade e instruções.

-Verifique também se não há sujeira no conteúdo da garrafa e se o nível do líquido não está abaixo do normal.

– Observe se a rolha está em boas condições ou se há manchas no rótulo e dê preferência àquelas que estiverem menos expostas à luz, pois muita luminosidade pode afetar sua qualidade.

– Caso a compra seja efetuada pela internet é bom que o consumidor conheça bem o produto que deseja comprar, uma vez que não contará com o acompanhamento de um consultor e não poderá analisar o produto pessoalmente.  É importante lembrar também que a forma de transporte pode prejudicar as propriedades do vinho.

Confira também as condições de troca oferecida no site e verifique o produto no ato da entrega.

– Para boa conservação das bebidas, mantenha as garrafas deitadas, protegidas da umidade, iluminação e calor excessivo, à uma temperatura média  de 12 a 14º C. Evite comprar grandes quantidades se não tiver locais adequados para armazenar.

Como servir?

No artigo Vinho na temperatura certa é bem melhor – saiba o porquê, o pesquisador da Embrapa Uva e Vinho, Mario Celso Zanus, baseia-se nos princípios científicos e valores médios sugerido pelos enólogos para sugerir as seguintes temperaturas ao consumo das bebidas:

*Clique em cima da imagem para visualizar melhor

Aproveite as dicas e Boas Fetas!

Fontes:
Ceia de Natal – Cartilha Procon SP
http://www.procon.sp.gov.br/pdf/01-Orienta-CeiaNatal.pdf
Vinho pela internet – Veja São Paulo
http://vejasaopaulo.abril.com.br/red/comprar-vinho-pela-internet/
Vinho na temperatura certa é bem melhor – saiba o porquê
Mauro Celso Zanus – Pesquisador da Embrapa Uva e Vinho
http://www.cnpuv.embrapa.br/publica/artigos/temperatura_vinho.pdf
Eduardo Viotti.  “HowStuffWorks – Tipos de espumantes”
http://lazer.hsw.uol.com.br/tipo-espumante.htm

One comment

  1. Gostei muito desta matéria.
    Gostaria que abordassem também em que ocasião cada tipo de vinho deve ser servido.
    Obrigada

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s