Fique atento ao uso de cartão de crédito.


De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor de novembro, as dívidas sem pagamento aumentaram no último mês e o descontrole nos gastos com cartões é o principal culpado. Os resultados divulgados pela Confederação Nacional do Consumidor – CNC mostrou que 7 em cada 10 consumidores endividados têm algum tipo de atraso no pagamento de cartão.

O levantamento feito pelo Jornal Nacional, divulgado dia 16/12, mostrou que  a inadimplência em relação às financeiras, as empresas que oferecem crédito e, principalmente, os cartões de crédito não-bancários como os cartões de loja deu um salto de 24,4% de outubro para novembro.

O aumento do endividamento do consumidor decorrente ao uso desses serviços levou a criação de novas regras de cobrança de tarifas relacionadas à prestação de serviços e em relação à forma de pagamento. Especialistas acreditam que a medida será eficiente para melhorar a situação da dívida do cartão do brasileiro além de oferecer ao cidadão informações que poderão subsidiar a escolha dos serviços de acordo com as suas necessidades.

O que mudou

A partir de 2011 os bancos devem oferecer o cartão básico, com anuidade menor em relação aos outros tipos de cartões, que terá função exclusiva para pagamentos de bens e serviços em estabelecimentos devidamente credenciados pelas instituições que oferecem serviço de credito.  A instituição não pode omitir esta opção ao oferecer os variados tipos de cartões ao consumidor.

Cartões que estão ligados a programas de benefícios e/ou recompensas como, por exemplo, programas de pontos, serão classificados como “diferenciados”. Em relação a esse tipo de cartão, os bancos devem divulgar as informações sobre tabela de tarifas e descrição dos serviços em local visível nas agências e na Internet. Serão cobrados: anuidade, oferecimento de segunda via, saque de dinheiro na função crédito, pagamento de contas e avaliação de crédito emergencial.

Além das mudanças na tarifa, a fatura terá que obter as seguintes informações:

• limite de crédito total e limites individuais para cada tipo de operação de crédito passível de contratação;
• gastos realizados, por evento, inclusive quando parcelados;
• identificação das operações de crédito contratadas e respectivos valores;
• valores relativos aos encargos cobrados, informados de forma segregada de acordo com os tipos de operações realizadas;
• valor dos encargos a ser cobrado no mês seguinte, no caso do cliente optar pelo pagamento mínimo da fatura; e
• Custo Efetivo Total (CET) das operações de crédito passíveis de contratação  -cálculo que inclui impostos, tarifas e juros.

Outra medida importante é o fornecimento de extrato anual de tarifas, que passa a englobar também informações sobre juros e encargos de operações de crédito relativas ao ano anterior.

As instituições também estarão proibidas de cobrar por quaisquer serviços prestados por meios eletrônicos (em Internet ou terminal de auto-atendimento). Além disso, o Banco Central estabeleceu que, a partir no dia 1º de junho de 2011, o valor mínimo da fatura de cartão de crédito paga mensalmente pelos clientes deve ser de pelo menos 15% do saldo total e, a partir de dezembro/2011, esse limite será ampliado para 20%.

Bianca Reis e Thais Vinhas (estagiária).

9 comments

  1. Vem dicontando a tarifa docartãode crédito q não pedi,e gostaria de saber se o banco,no meu caso o bradesco tem obrigação de repôr??Pois não pedi e nunca utilizei o mesmo.O q devo fazer??Já liguei e só vem mim enrolando! Grata, Ana Paula

  2. Atrasei minha parcela com o City Banc bandeira Creditcard. Até ai tudo bem, o problema é que eles receberam a fatura, negativaram meu nome, não aceitam negociar um novo parcelamento e ameaçam como podem.
    Sinto vergonha de ser brasileiro, um país tão grande e rico, mas que acaricia as bolas de banqueiros inescrupulosos. A face mais sinistra DO CONSUMIDOR, É QUE NÃO TEMOS A QUEM RECLAMAR!!!! Que país é esse????

  3. enho minhas compras todas em dia, mas meu cartão HIPERCARD não identifica um pagamento e por isso esta me cobrando juros ligo la e peço qual fatura eles não identificaram o pagamento e eles não sabem me informar solicitei um email para escanear e mandar as faturas e comprovantes de pagamento e eles falaram q num podem receber email, solocitei um numero de fax pra q eu possa passar os comprovantes e m deram um numero q não existe e a resposta q obtive eh q tenho q pagar

  4. e sobre o juros de cartão e um absurdo oque eles faz sempre a ligação do banco itau e pessima não da pra entender nada so alguma duvida senhora o banco itau agradeçe. estou indignada com isso

  5. Estou tentando negociar a minha divida referente ao meu cartão de credito do citibank, mas eles estão me obrigando a pagar um valor que eu não tenho condições de pagar, por isso gostaria que verificassem um modo que eu possa pagar para eu poder limpar meu nome.

  6. atrasei minha fatura por 60 dias, e agora o banco esta me cobrando o montante, eles tem esse direito?como proceder?

    • Prezado Castro,
      Sugiro que procure o Juizado Especial Cível de seu estado para negociar a dívida.
      Abçs
      Bianca Reis

    • Prezado Flavio,
      Sugiro que procure o Procon ou o Juizado Especial cível para apoiá-lo nessa negociação.
      Abçs
      Bianca Reis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s