O Inmetro analisa teor de gordura e colesterol em queijo


Para ajudar o consumidor a ter hábitos cada vez mais saudáveis, o Inmetro decidiu testar os níveis de gordura em que dezessete tipos de queijo – os mais populares entre os brasileiros.

Na avaliação dos resultados, o Inmetro tomou como base as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), tendo como parâmetro uma dieta de 2.000kcal. Desta forma, é recomendável a ingestão de até 55 gramas de lipídios por dia, sendo menos de 22 gramas de saturados e colesterol total de até 300 miligramas. No caso da gordura trans, o Instituto usou como base o recomendado pela American Heart Association e pela Anvisa, que é, no máximo, 2 gramas diários.

O resultado geral demonstrou que os queijos light efetivamente têm um teor de gordura menor do que os tradicionais, mas eles apresentam um preço um pouco maior. Dos seis tipos de queijo light avaliados pelo Inmetro, o campeão de redução de gordura foi minas frescal light, com 71% menos do que o minas frescal tradicional. Logo depois vieram o requeijão light, o queijo minas curado light, o requeijão adicionado light e a muçarela light. Já o queijo prato light é só 14% menos gorduroso que o prato tradicional.

Entre os queijos mais gordurosos, o primeiro lugar disparado ficou com o parmesão. Em 100 gramas, quase um terço é pura gordura. Depois vem o queijo minas curado: 27,7%. A muçarela aparece em terceiro lugar.

No ranking dos mais leves estão o minas frescal light (3,3%), o queijo cottage (8,3%) e o requeijão tradicional light (8,5%).

O Inmetro mediu também a quantidade de colesterol dos queijos. Nessa avaliação o parmesão o parmesão, também ocupa o primeiro lugar, seguido pela mussarela e pelo queijo prato. Mas pior que o colesterol é a gordura saturada.

De acordo com o cardiologista Carlos Scherr, a gordura saturada quando a gente come, ela se transforma quase três vezes mais em colesterol dentro da gente.

Em relação à gordura saturada o parmesão está outra vez na frente, 100 gramas equivalem a 90% do máximo de gordura saturada que uma pessoa deve ingerir em um dia. O queijo minas curado (88%) e a muçarela (78%) também não estão muito atrás.

O cardiologista Aconselha: “Procure um queijo que tenha menos gordura saturada como o minas frescal light, o cottage e o requeijão light adicionado.Mas fique atento , pois o requeijão adicionado pode até não ter muito colesterol, mas entre os queijos testados, apareceu como o grande campeão em gordura trans, que de acordo com o Cardiologista  é pior do que a gordura saturada, ele chega a ter quatro vezes mais gordura trans do que o queijo parmesão, olha que coisa.

O cottage, o requeijão tradicional light e o minas frescal estão entre os mais baixos teores de colesterol. Só perdem para o chamado requeijão cremoso adicionado, que tem amido e gordura vegetal na sua composição.

Recomenda Scherr. ‘Nenhum queijo tem necessidade de ser abolido. Alguns queijos você pode comer mais, outros você pode comer menos’, explica.

Acesse aqui o relatório completo da análise.

Fonte: Fantástico

One comment

  1. Artigo muito interessante…é sempre bom ter informações desse tpo que nos ajuda a buscar mais qualidade de vida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s