Páscoa e Obesidade Infantil


Segundo dados do IBGE, a obesidade infantil no país aumentou 300% nos últimos 40 anos. Três em cada dez brasileirinhos estão com sobrepeso. A cada ano, no Brasil, cresce a obesidade infantil  e junto dela o número de crianças entre os 6 e 12 anos de idade com colesterol  LDL (ruim) alto e  indícios de hipertensão arterial.

As razões para o crescimento desses números sãos inúmeras. Entretanto, a correria do cotidiano dos pais e aumento da oferta de produtos industrializados a preços mais acessíveis são elementos que contribuem bastante para esse aumento de crianças obesas. Organizar um cardápio saudável demanda tempo e paciência para essa negociação diária entre o que é saudável e o que não é, principalmente se o interesse dos pequenos for completamente voltado pelo  alimentos que fazem mal a saúde.
Se no dia-a-dia implementar  e manter  hábitos  alimentares mais saudáveis já uma tarefa árdua, imagine em feriados, como o próximo,  em que o principal foco  é o chocolate e os tradicionais almoços com a família.

Dessa forma, listamos algumas dicas que podem ajudar a criançada a comer o chocolate com moderação.

– Combine com os familiares tamanhos pequenos de ovos e chocolates. Se possível proponha amigo oculto de ovo de páscoa, assim no lugar de vários chocolates a criança ganha apenas um e não passa o mês inteiro com a geladeira cheia de chocolates.

– Caso essa combinação não seja viável e a meninada ganhe vários ovos tente compartilhar com amigos e/ou guarde na geladeira em potes para evitar a tentação constante.  Não permita que a criança coma tudo de uma vez;

– Fique atento aos os chocolates Diets, pois normalmente eles têm mais gordura e podem ser tão calóricos quanto os chocolates “normais”. Não se iluda achando que ao comprar um chocolate diet poderá comer a vontade.

Cabe destacara que de acordo com a Anvisa que é comum que os bombons, ovos, etc., possuam em sua composição e em seus recheios a gordura trans. Vale lembrar que o consumo desse tipo de gordura em grande quantidade pode causar inflamação dos tecidos, principalmente nos indivíduos com obesidade, elevam a incidência de diabetes, aumentam os níveis de triglicérides e o risco de doenças cardiovasculares em mais de 50%.

Dicas para a compra de ovos de páscoa:
Não se esqueça de verificar no rótulo as informações obrigatórias: data de validade, nome e endereço do fabricante, informação nutricional. Também deve estar informado a lista de ingredientes do produto, pois algumas pessoas não podem ingerir, por exemplo, açúcar ou glúten.

Em caso de inclusão de brinquedos no interior do produto, o consumidor deve checar se a embalagem traz o selo do INMETRO e a idade recomendável para o mesmo.

One comment

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s