Inmetro analisou 8 marcas de gelo “filtrado”


gelos2Todas as marcas analisadas estavam conforme em relação aos padrões microbiológicos (presença de coliformes fecais). Entretanto, 5 apresentaram irregularidades no que se refere às informações da rotulagem. O Instituto alerta o consumidor sobre cuidados para evitar contaminação do produto.

gelo

Ele acompanha desde um simples copo d’água até o drink mais elaborado. Com a temperatura elevada em quase todo o Brasil,  o consumo de gelo tem sido bastante expressivo, principalmente, nesse período de Carnaval.

Muita gente não se importa com a qualidade do gelo que está ingerindo porque acredita que  a baixa temperatura necessária para formação do produto inibe ou minimiza qualquer tipo de contaminação. Porém, o Instituo alerta que isso não é verdade, pois, mesmo em temperatura negativa,  a carga microbiológica pode estar presente.

A Engenheira de Alimentos do Inmetro, Rose Maduro, explica que: “em períodos quentes, especialmente,  no verão, a comercialização e o consumo destes produtos são maiores, potencializando  o risco de contaminação por bactérias. Estas, geralmente, são do Grupo Coliforme que se dividem em dois tipos: totais e fecais (também chamados de termotolerantes).” Ela destaca que “a principal patologia associada a contaminação por coliformes fecais é a gastroenterite cujos sintomas são vômitos, diarreia, dores abdominais, entre outros.”

Visando preservar a saúde e segurança do cidadão, o Instituto comprou amostras nos estados que concentram uma grande quantidade de pessoas no período de Carnaval: Amazonas, Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro. Foram verificadas as marcas: D’Gelomar, Frigelo, Gelo Água Dura, Gelão, Gelip, Gelo Rio, Geloso e Gelótimo.

No que diz respeito ao atendimento aos padrões microbiológicos, estabelecidos na legislação específica, 100% das amostras analisadas foram consideradas conformes. Quanto à análise de rotulagem, 5 marcas analisadas apresentaram irregularidades (D’Gelomar, Frigelo, Gelo Água, Gelip e  Gelo Rio). Essa prática impossibilita que o consumidor tenha, à sua disposição, informações necessárias sobre o produto que o capacite a tomar adequadas decisões de compra.

Os resultados desta análise foram enviados à Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, Órgão Regulamentador do produto, para que sejam tomadas as providências cabíveis.

Como destacado anteriormente, o consumidor deve estar vigilante ao que ingere e tomar alguns cuidados para evitar qualquer tipo de contaminação.  Cabe destacar que o gelo exige os mesmos cuidados que cercam a produção de quaisquer alimentos.

Em casa, deve ser feito com água filtrada ou fervida ou de água mineral. Entretanto, para o consumo fora de casa é preciso mais atenção. Sendo assim, listamos abaixo alguns cuidados que podem minimizar possíveis riscos de contaminação.

  • Ao consumir gelo em bares e restaurantes, verifique se o mesmo apresenta-se como um cilindro ou cubo com uma abertura central;
  • Evite tomar qualquer bebida em bares, restaurantes e outros ambientes que você desconhece a qualidade da água que foi usada no preparo do gelo, mesmo que a aparência do estabelecimento seja confiável;
  • Ao comprar gelo para consumo humano certifique-se em relação a sua procedência. Na embalagem deve conter: marca da empresa, quantidade, identificação da origem (nome/ razão social do fabricante ou produtor ou fracionador ou proprietário da marca, endereço completo – país de origem e município -, identificação do lote e prazo de validade);
  • Confira se a embalagem está bem conservada. O gelo precisa ser estocado e manipulado sob condições que evite sua contaminação;
  • O gelo deve ser inodoro, insípido, sem nenhuma sujidade, parasitas e larvas. Microrganismos patogênicos e os parasitas podem ser transmitidos por meio da água e, consequentemente, pelo gelo;
  • O gelo servido em barra ou escama não necessita ser fabricado com água filtrada e só poderá ser utilizado para resfriar produtos embalados, incluindo bebidas envasadas;

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s