Inmetro avalia camisas e bonés com proteção UV


Dia 4 de fevereiro é comemorado o Dia Mundial do Câncer. Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), o câncer de pele é o tipo mais frequente no Brasil e corresponde a 25% de todos os tumores malignos registrados no país, causados por exposição ao sol.

Para avaliar a eficiência de camisas e bonés com tecnologia UV Protection, contra a radiação UVA e UVB, o Programa de Análise de Produtos do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) analisou em laboratório 12 produtos de nove marcas diferentes, de uso infantil e adulto. Todas as amostras foram adquiridas no Rio de Janeiro, de forma a tornar representativo o mercado brasileiro, afirma o Inmetro.

O resultado da análise revelou que duas estavam não conformes, pois  possuíam uma proteção menor do que a declarada (uma camisa infantil de cor amarela da marca Mormaii e camisas adulto da marca Asis, nas cores verde neon e laranja).

Os produtos Training/Core Basic (Asis) e Poliamida/Elastano Mormaii FPU 50+ (Mormaii) não passaram no ensaio que verifica o quanto o produto bloqueia  radiação ultravioleta. A camisa da Mormaii possuía uma declaração de UPF 50+, no entanto, o valor encontrado na análise foi de 40. Já os produtos da marca Asics, declaravam um fator de proteção 30, porém os valores encontrados foram de 10 e 25. As marcas comprometeram-se em retirar os produtos de circulação.

As marcas Litoraneus, Track & Field, Tribord, UV Line, Salomon, Nike e Adidas estavam conformes.

“Os resultados revelaram uma tendência de conformidade para as amostras de roupas com proteção UV disponíveis no mercado nacional. As duas marcas que demonstraram irregularidades se comprometeram a recolher todo o lote dos produtos no mercado, a fim de não trazer prejuízo à saúde e segurança de seus usuários”, comenta Isabela Alves, responsável pela Análise.

Diante dos resultados, o Inmetro solicitará à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) a elaboração de uma norma técnica brasileira capaz de definir a classificação correta do produto, além da rotulagem e dos requisitos mínimos de saúde e segurança.

“Vamos também realizar uma avaliação do impacto regulatório do produto, de forma a avaliar a conveniência e a viabilidade de desenvolver um regulamento para roupas com proteção UV”, completa Isabela.

Informações úteis ao consumidor

  • Ao utilizar roupas com proteção UV, sempre associe seu uso a aplicação correta do protetor solar e evite exposição ao sol das 10h às 16h.
  • Guarda sóis, chapéus de aba larga, e bonés oferecem boa proteção solar para seus olhos, orelhas, rosto, costas e pescoço.
  • Use protetor solar com fator de proteção igual ou maior que 15

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s